Calendário do PIS 2016/2017

O trabalhador brasileiro está entre um dos mais assistido do mundo quando se trata de leis e benefício. Isto é ótimo porque garante mais segurança ao trabalhador, assim como deixa o empregador mais atento sobre seus deveres. Um dos benefícios mais populares é o PIS, também conhecido como abono salarial. Os beneficiários deste programa se orientam de seu pagamento por meio do calendário do PIS. Não sabe do que se trata? Leia o artigo abaixo!


 

O que é o PIS?

O Programa de Integração Social, mais conhecido pela sigla PIS, é um benefício do governo federal focado em empregado da iniciativa privada. Para os servidores públicos, existe também um benefício bem similar ao PIS chamado PASEP, tanto que muitas vezes é pronunciado juntos: PIS/PASEP.

O PIS é pago pela Caixa Econômica Federal. Portanto, caso alguém fornece a informação que este benefício é efetuado em outra instituição bancária, desconfie.


 

Calendário do PIS

O calendário do PIS foi a forma encontrada pelos órgãos administradores deste benefício para balancear as datas de pagamento do benefício para cada cidadão. A organização de um calendário de pagamento do PIS evita que as agências bancárias fiquem amontoadas de pessoas querendo seu benefício em apenas num dia.

Este calendário do PIS é organizado de forma anual pelo Ministério do Trabalho. A data de recebimento do PIS será de acordo com seu mês de nascimento. Geralmente, o prazo limite de recebimento é uma única data para todas as pessoas.

Publicidade:

O PIS deste ano só começará a ser pago em julho, isto porque o primeiro semestre deste ano foi destinado ao pagamento do PIS 2015. Como aconteceu esse ano, o pagamento do PIS 2016 se alastrará para junho de 2017. Por isso, é muito importante que fique bem atento aos meses de recebimento de seu benefício.

 

Valor do PIS

O valor do PIS é cotado de forma anual de acordo com o valor do salário-mínimo. Portanto, em 2016, o valor do PIS está cotado em R$880. Possivelmente, ano que vem o valor do salário haverá alteração, por isso, consequentemente, será repassado ao benefício.

 

Quem tem direito ao PIS

Assim como outros benefícios do Governo Federal, existem algumas regras para ter direito ao PIS. Não basta apenas ter trabalhado com a carteira assinada como também atender alguns requisitos, como:

  • O trabalhador precisa ter recebido remuneração mensal média de até dois salários mínimo durante o ano-base. Portanto, sua renda mensal não pode ter ultrapassado o valor de R$1760.
  • A empresa precisa ter informado de forma correta a Relação Anual de Informações Sociais, também conhecida como RAIS, à Receita Federal.
  • O trabalhador necessita estar matriculado por, no mínimo, 5 anos no PIS.
  • Ter trabalhado com carteira assinada por, pelo menos, 30 dias, consecutivos ou não, no ano-base.

 

Está com alguma dúvida sobre o calendário do PIS? Diga-nos na área de comentários para que possamos solucioná-los.

Calendário do PIS 2016/2017
Avalie

Leave a Reply